Scroll Top

Diabetes

As Complicações da Hiperglicemia – Fique Atento!

 

 

O nosso corpo humano funciona de uma forma harmoniosa. Comparando nosso corpo a um automóvel – notamos que as nossas células se parecem ao motor – tem a função de produzir a energia necessária para o corpo funcionar.

Da mesma forma, podemos comparar o combustível com a glicose, ou o açúcar. Nessa comparação sabe qual é a chave para que liga o automóvel? Isso mesmo – é a insulina, que é produzida em nosso pâncreas.

Cadastre-se para mais informações aqui – Como Controlar a Diabetes

As Complicações da Hiperglicemia:

A hiperglicemia é o aumento da glicose no sangue, e nessa situação o pâncreas saudável produz mais insulina para que a glicose saia mais rápido da corrente sanguínea e passe para as células onde será reservada para uso futuro.

Nas pessoas com diabetes o pâncreas produz pouca ou até nenhuma insulina, também muitas vezes a insulina produzida possui ação insuficiente para manter o equilíbrio saudável do organismo. E por isso o valor de glicose no sangue – a glicemia – torna-se elevado elevado pois mantém-se na circulação do sangue.
Um dos primeiros sinais da hipoglicemia é a sede excessiva, e a necessidade aumentada de urinar, e pode ocorrer também a sensação de boca seca, fome, cansaço, dor de cabeça, enjôo, sonolência e dificuldade para respirar.

As Complicações da Hiperglicemia podem ir desde as mais ligeiras até as complicações mais graves – complicações essas que danificam de maneira lenta os nossos órgãos e os sistemas de nosso organismo. Quando as taxas de glicemia estão muito elevadas, podem surgir complicações agudas.

As complicações da Hiperglicemia – Complicações Crônicas:

As complicações da hiperglicemia em diabéticos podem ser graves:

Retinopatia – a lesão da retina nos olhos
Nefropatia – a lesão renal
Neuropatia – a lesão nos nervos presentes em nosso organismo
Hipertensão arterial que leva a outros danos ao organismo
O colesterol ou gordura no sangue
A macroangiopatia – a doença coronária, cerebral e dos membros inferiores
As doenças cardiovasculares –  como a angina de peito, os ataques cardíacos e os acidentes vasculares cerebrais
O Pé diabético – arteriopatia e neuropatia
A obstrução arterial periférica – má circulação nas pernas e nos pés
A disfunção e a impotência sexual
Infeções persistentes e de várias formas – na boca e gengivas, as infeções urinárias e as infeções das cicatrizes após cirurgias.
Todas as pequenas veias de nosso organismo podem ser lesadas por quantidades excessivas de açúcar no sangue.

Saiba Mais Sobre como Controlar o Diabetes – Diabetes Controlada

As complicações da Hiperglicemia – Complicações Agudas:

Essas complicações da hiperglicemia aguda, surgem de forma rápida e súbita, sendo muito sérias – envolvem a Desidratação, a Confusão mental, o coma e óbito

A Cetoacidose Diabética é uma complicação séria da hiperglicemia aguda, sendo mais comum em pessoas com diabetes do tipo 1. Envolve a presença de Corpos Cetónicos – substâncias tóxicas de forma elevada no sangue, e causam mal estar, sonolência, sensação de agonia, fraqueza, hálito de acetona, ou de maçã..  Pode evoluir ao coma quando não tratado a tempo.

Devido a complicações da hiperglicemia serem tão sérias que podem ocorrer, torna-se necessário que a pessoa com diabetes procure regularmente orientação médica, e que adote um estilo e vida e uma alimentação equilibrados, para amenizar os riscos do diabetes, e suas complicações no organismo.

Saiba Mais sobre a alimentação que ajuda no controle natural do diabetes, e pode ajudar a evitar as complicações da Hiperglicemia!

 

As Complicações da Hiperglicemia – Fique Atento!
5 (100%) 4 votes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.